quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Mostra Galpão da Lua apresenta Cabaré Cultural no Morado do Sol e na Vila Brasil

No próximo final de semana sexta (27) e sábado (28) a FPTAI Galpão da Lua irá apresentar seu espetáculo Cabaré Cultural no Morada do Sol e na seda da Vila Brasil. As apresentações fazem parte da programação da Mostra Território das Artes aprovada pelo ProAC – Programa de Ação Cultural da Secretaria de Estado da Cultura.
O Edital Território das Artes foi o responsável pela manutenção da sede e da programação da Federação neste ano que contou com oficinas, espetáculos e debates sobre Teatro, Circo, palhaço, Música e produção Cultural.

O Galpão da Lua realizou 29 atividades artísticas em 2015 a maioria aconteceu na sede do Coletivo, uma parte no Jardim Morada do Sol, outras no Parque do Povo e no
Bairro Augusto de Paula. Além dos que fazem parte do Galpão artistas de Santos, Suzano, São Paulo, Argentina, Campinas e Arapiraca Alagoas trouxeram seus espetáculos para o público que frequenta o espaço. Como é de costume, todas as atividades foram gratuitas.

O Cabaré Cultural é sempre um momento muito especial para os Artistas do Galpão, o espetáculo é coletivo, os grupos se misturam e criam cenas curtas com diversos temas e linguagens e levam os trabalhos para a apreciação popular. O Cabaré Cultural foi o espetáculo que ajudou a manter a sede da FPTAI em 2014, quando o Coletivo de artistas passou por dificuldades e ameaçou fechar as portas.

Diversas cidades da região e espaços particulares contrataram o cabaré e o cachê foi revertido para custear as despesas do Espaço.
Na programação da Mostra o Cabaré será exibido 2 vezes, uma no Morada do Sol dia 27 e outra no Galpão da Lua na Vila Brasil dia 28. A programação contará com cenas dos Grupos da casa como o Quévê Vemvê, Rosa dos Ventos, Os palhaços mirins Buscapé e Espoleta, Brincantes do Pisa Chão, Teatro Vermelho, Os Mamatchas, Macacanóis, Mamulengo Rasga Estrada, a Banda Aletheia, Banda Mocambo Groov e a Banda Zabumba Nazureia. Nesta edição o Cabaré contará com a participação da Cia Zari de Presidente Prudente e com o Artista popular Sérgio Torrente de Paranavaí.

  O público vai conferir, circo, dança, teatro, cultura popular, e muita música boa!
Serviço

Dia 27 de NOVEMBRO, sexta, 20h

Espetáculo: Cabaré Cultural

Local: Bairro Morada do Sol - Bairro Morada do Sol, rua Willian Edy Tedros, 171, em frente a Casa da Sopa.
Em caso de chuva a apresentação será transferida para a quadra da escola 
Odete Duarte Costa


Dia 28 de NOVEMBRO, sábado, 20h

Espetáculo: Cabaré Cultural

LOCAL: Galpão da Lua - Rua João Caseiro, 65 - Vila Brasil


Sinopse


O Cabaré Cultural é um espetáculo de variedades que reúne diversos grupos e artistas independentes. O público tem a oportunidade de apreciar uma noite lúdica e divertida com atrações de várias vertentes culturais. Fazem parte da programação esquetes de teatro, bloco de maracatu, poesias, números de circo, gags de palhaços, malabarismo, acrobacia, tecido acrobático, música e muita ARTE!

Já quebrando todas as formalidades e cerimoniais, a apresentação do Cabaré é feita por uma dupla de palhaços! Esses apresentadores fazem paródias das cenas, conversam com o público, mostram suas habilidades e improvisam muito para a diversão do público que pode intervir, palpitar e até se apresentar se quiser.

Esse espetáculo coletivo não tem idade, todos podem assisti! O principal gênero oferecido é o humor, mas também há cenas e números que conduzem o público à reflexão e a outras emoções.

Ficha Técnica

Grupos: Rosa dos Ventos, Os Mamatchas, Quévê Vemvê, Brincantes do Pisa Chão, Mamulengo Rasga Estrada, Teatro Vermelho, Banda Mocambo Groove, Banda Aletheia, Bloco Maracanóis e Banda Zabumba Nazureia.


Convidados: Cia Zari de Presidente Prudente e o Artista popular Sérgio Torrente de Paranavaí.

Duração: 120 minutos

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Quévê Vemvê estreia novo trabalho na Mostra Galpão da Lua no Morada do Sol

Amanhã dia 26 de novembro o Grupo Quévê Vemvê estreia seu novo trabalho no bairro Jardim Morada do Sol em Presidente Prudente.

O Espetáculo é uma grande festa onde crianças e adultos poderão desfrutar de histórias e músicas que além de cantadas são interpretadas pela divertida Trupe/Banda que tem em seu repertório canções que atravessam gerações se renovando constantemente.

Em Quévê Vemvê as cantigas como a do Sapo, Atirei o Pau no Gato e Boi da Cara preta ganham vida em ritmos de Blues, Rock e Reggae. o trabalho é uma festa para a família que vale a pena conferir.

A apresentação do Quévê Vemvê faz parte da programação da Mostra Galpão da Lua que está acontecendo desde o dia 21 com atrações artísticas nos bairros Jardim Morada do Sol e na Vila Brasil, sede do Coletivo.


A Mostra assim como toda a programação do do Galpão da Lua em 2015 só está sendo possível devido ao projeto ter sido aprovado no edital Territórios das Arte do ProAC - Secretaria de Estado da Cultura.

Os territórios das artes são, conforme o Edital (26/2014) do ProAC, espaços com iniciativas de gestão autônoma da sociedade civil para a prática experimental das diferentes linguagens artísticas, notadamente quanto ao papel de produção, formação e difusão pública. Um Território das Artes pode desenvolver ações internamente ou pode servir de base estruturante para ações desenvolvidas externamente.

O Galpão Cultural Lua Barbosa foi contemplado entre 35 projetos em todo o estado de São Paulo, o que permitiu à continuidade do trabalho que vem realizando na área de cultura desde 2010, promovendo atividades sempre gratuitas nos bairros e espaços alternativos da cidade.

Serviço:

Dia 26 de NOVEMBRO, quinta, às 20h
Espetáculo: QuéVê VêmVê
Local: Bairro Morada do Sol - Bairro Morada do Sol, rua Willian Edy Tedros, 171, em frente a Casa da Sopa
Em caso de Chuva a apresnetação irpá acontecer na Quadra coberta da Escola Odette Duarte da Costa


Espetáculo: Quévê Vemvê

Uma divertida apresentação preparada para o público infantil, sem deixar de ser um momento de descontração para pais: um momento especial para que toda a família possa usufruir. Há presença de história musicada, brincadeira cantada, música infantil e interação com o público. A musicalidade traz algumas cantigas populares em ritmos contemporâneos, e somada às histórias e brincadeiras avivam nas crianças seu universo lúdico e criativo.

Duração: 50 minutos
Classificação: livre


Grupo Quévê Vemvê

O Quévê Vemvê faz parte da Federação Prudentina de Teatro e Artes Integradas / Galpão Cultural Lua Barbosa, e nasce em meio à dinâmica artística e cultural impulsionada pelo Ponto de Cultura Prudente em Cena (2010-1012).
Os trabalhos do grupo são marcados pela mescla entre contação de histórias, música e brincadeiras, especialmente aquelas da cultura tradicional popular brasileira. E também trazem elementos do teatro de rua, na medida em que se preocupa com a comunicação direta entre atuadores e público, e do circo, inspirando-se nas características libertárias e irreverentes do palhaço.
Mais informações: www.queve-vemve.wix.com/arte



terça-feira, 24 de novembro de 2015

Rosa dos Ventos se apresenta no Morada do Sol pela Mostra Galpão da Lua

Ribeirão Preto - Foto de Talita Galindo
Amanhã, dia 25 de novembro o Bairro Jardim Morada do Sol receberá a peça "Hoje Tem Espetáculo!!!" do Grupo Rosa dos Ventos.

A apresentação faz parte da programação da Mostra Galpão da Lua que teve início no último dia 21 e segue até dia 28 com diversas atrações no Morada do Sol e na Vila Brasil.

A Mostra é promovida pelo Coletivo Cultural Galpão da Lua - FPTAI e tem o apoio do ProAC - Programa de Ação Cultural da Secretaria de Estado da Cultura. A Federação foi a provada no Edital Território das Artes que tem por objetivo apoiar iniciativas de espaços Culturais independentes por todo o Estado de São Paulo.

S. J. dos Campos - Foto André Daffara
A peça "Hoje Tem Espetáculo!!!" foi remontada recentemente pelo Rosa dos Ventos e tem tido uma circulação bastante intensa, apenas no ano de 2015 a peça circulou por diversos SESCs do Estado de São Paulo e participou de Importantes Festivais como o Porto Alegre Em Cena e o FESTIA no Rio Grande do Sul, o Janeiro Brasileiro da Comédia em S. J. do Rio Preto, A Feira de Teatro de Rua de Sorocaba, o Festival do Palhaço de Assis, o Litoral Em Cena em Caraguatatuba, no FESTIVALE em S. J. dos Campos, na Mostra do Chapéu em Campo Grande MS e recentemente a peça foi apresentada em um dos mais antigos o XXXVIII FESTE de Pindamonhangaba onde o Grupo Recebeu o prêmio de melhor ator dos espetáculos de Rua. Em dezembro a peça será encenada na Capital Paulista em um dos mais importantes festivais de Arte de Rua do país, a Mostra Lino Rojas do MTR - Movimento de Teatro de Rua de São Paulo

A peça este ano foi contemplada com o Prêmio do ProAC de Circo e pôde ser apresentada em 16 cidades do Estado de São Paulo no primeiro semestre de 2015.

S. J. dos Campos - Foto de André Daffara


Serviço:

Dia 25 de NOVEMBRO, quarta, às 20h
Espetáculo: Hoje tem Espetáculo (Grupo Rosa dos Ventos)
Local: Bairro Morada do Sol - Bairro Morada do Sol, rua Willian Edy Tedros, 171, em frente a Casa da Sopa






Release “Hoje Tem Espetáculo!!!”

“Hoje Tem Espetáculo!!!” é o primeiro espetáculo do grupo, um trabalho criado a partir dos clássicos de palhaço, números, entradas e piadas que são vistas no circo há pelo menos uns 200 anos.
As cenas e números de circo recriadas em Hoje Tem Espetáculo!!! são adaptações livres do Rosa dos Ventos e trazem a marca de seus palhaços verborrágicos, verdadeiros nas relações, improvisadores e provocadores da participação popular, num jogo que envolve o público antes mesmo do espetáculo começar, já na montagem de cenário, troca de roupas, aquecimento, passagem de som, maquiagem, terminando com um músico nada normal e quatro palhaços que se revezam nas funções de artistas de circo. O público é convidado a entrar no picadeiro e em diferentes momentos são os personagem principais da roda. Malabaristas, atiradores de faca, entradas de palhaço, cenas de pura comédia dão forma a um espetáculo de rua que mantém as contradições entre o sublime e o grotesco presentes no imaginário coletivo do circo como universo fantasioso e mágico.


FICHA TÉCNICA

“Hoje Tem Espetáculo!!!”  - Circo Teatro Rosa dos Ventos
Adaptação: Rosa dos Ventos
Linguagem: Circo e Teatro de Rua
Estréia: Abril de 2001
Música original e sonoplastia: Robson Toma
Elenco: Gabriel Mungo, Luis Valente, Fernando Ávila e Tiago Munhoz.
Músico: Robson Toma.
Cenário: Deva Bhakta e Grupo Rosa dos Ventos
Duração: 50 minutos
Foto de André Daffara

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Mostra Cultural Galpão da Lua: Seis espetáculos gratuitos!

Programação Completa da Mostra de 21 à 28 de novembro
 O Coletivo Galpão da Lua - FPTAI realizará entre os dias 21 à 28 de novembro uma Mostra Cultural nos bairros Morada do Sol e na sede do Coletivo na Vila Brasil.

A Mostra contará com espetáculos de Mágica, Concerto Musical, Espetáculo de Circo Teatro de Rua e Espetáculo para o público infantil. O destaque da programação é o tradicional Cabaré Cultural, um espetáculo apresentado por todos artistas que fazem parte do Coletivo e por convidados. O Cabaré já circulou por diversas cidades da região e é sempre um momento muito esperado pelo público e pelos próprios artistas, Cabaré é um espetáculo de variedades que integra diversas vertentes artísticas e é também o momento em que os grupos do Galpão se misturam nas criações. A programação contará com duas apresentações deste espetáculo, uma no morada do Sol dia 27 e no Galpão da Lua dia 28, sempre às 20 horas.

A Mostra faz parte do projeto aprovado no Edital Território das Artes do ProAC que tem por objetivo oferecer gratuitamente para o público uma programação com atividades formativas e espetáculos artísticos. O Galpão Cultural Lua Barbosa foi contemplado entre 35 projetos em todo o estado de São Paulo, oque permitiu à continuidade do trabalho que vem realizando na área de cultura desde 2010, promovendo atividades sempre gratuitas nos bairros e espaços alternativos da cidade.

Os territórios das artes são, conforme o Edital (26/2014) do ProAC, espaços  com iniciativas de gestão autônoma da sociedade civil para a prática experimental das diferentes linguagens artísticas, notadamente quanto ao papel de produção, formação e difusão pública. Um Território das Artes pode desenvolver ações internamente ou pode servir de base estruturante para ações desenvolvidas externamente.

As primeiras atividades da mostra acontecem dias 21 e 22, sábado e domingo às 20 horas no Galpão da Lua. Sábado acontece o Show de despedida do Mágico Tomas e domingo o Concerto da Orquestra Percuss!onismo. 

Sobre o Show do Tomas:
Tomas faz seu Show dia 21 no Galpão da Lua

Dia 21 de novembro - sábado - às 20h
Espetáculo: Mágico Tomas Koldunov
LOCAL: Galpão da Lua - Rua João Caseiro, 65 - Vila Brasil

Tomas abre a Mostra, o Mágico Argentino está se despedindo de Presidente Prudente, Tomas ficou na cidade desde janeiro de 2015 e agora seguirá viagem rumo ao Nordeste, por aqui Tomas se apresentou diversas vezes em eventos e espetáculos em locais públicos.

O Show do Mágico Tomas é um espetáculo para todas as idades, a apresentação é dinâmica, viva, com mágicas espetaculares. Tomas escapa de amarras, tira coelhos da cartola, pombos, enfia espadas no pescoço, engole coisas impressionantes.

O público faz parte do espetáculo, muitas vezes apresentando junto ao artista, assim quebrando a rotina do mágico tradicional. As pessoas ajudam e até fazem as mágicas, uma pessoa comum ao lado de Tomas é capaz de fazer um pombo aparecer, de achar objetos em seu próprio corpo.

Um grande diferencial desta apresentação é que Tomas além, de mágico é palhaço, em seu show naturalmente tem grandes momentos cômicos, é um espetáculo muito agradável, o sentimento para o público é de espanto com as mágicas e de grandes gargalhadas com as cenas e sacadas do artista.


Grandes Mágicas com Tomas dia 21 às 20h no Galpão da Lua
Sobre o Mágico Tomas:
Natural de Buenos Aires o mágico Tomas Koldunov, iniciou-se com 14 anos de idade na Escola de ilusionismo “Buenos Aires Mágico”, com diversas apresentações em teatros, clubes, festas, eventos, inaugurações, parques e hospitais.

Tomas está no Brasil desde 2006 e já percorreu centenas de cidades de diversos estados do país.

Ao longo desses anos já passou por Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Parana, Minas Gerais, Bahia e Rio Grande do Sul.

Koldunov diz que se sente brasileiro, gosta muito das pessoas e não se vê morando em outro lugar.


Percuss!onismo dia 22 às 20h no Galpão da Lua
O Grupo Percuss!onismo 
Dia 22 de novembro - domingo - às 20h
Concerto: Percuss!onismo - Orquestra de Tambores
LOCAL: Galpão da Lua - Rua João Caseiro, 65 - Vila Brasil


A orquestra de tambores Percuss!onismo completou cinco anos em 2015, e nesta comemoração lançou seu primeiro álbum. O Lançamento aconteceu no Próprio Galpão da Lua e seguiu por uma série de apresentações pela região dentro de sua temporada de concertos. O Grupo considera o lançamento do CD um marco na história da música instrumental da região.

Segundo Sérgio Alan regente do grupo, não é comum esse tipo de formação musical, executando um repertório voltado especificamente para percussão erudita. “Estamos fazendo história, registramos algo inédito”, ressalta.

O CD traz oito faixas, divididas em peças escritas para tambores e outras para teclados percussivos, como xilofone, glockenspiel e vibrafone.

A orquestra Percuss!onismo trabalha com composições contemporâneas, trazendo a percussão da orquestra sinfônica para a parte frontal do palco. “Trata-se de obras vigorosas e imponentes, mescladas a outros temas mais melancólicos e intimistas”, aponta Alan.

Foram convidados para a gravação do álbum, o baterista Maurício Garcia e o percussionista Rafael Pires, improvisam na última faixa do álbum, que leva o nome de Drum Solo.

Orquestra de Tambores Dia 22 às 20h no Galpão da Lua
Um pouco mais sobre a orquestra de tambores Percuss!onimo 

Percuss!onimo é uma orquestra de tambores criada em 2010, com o objetivo de estimular a prática da música instrumental aos jovens, visando apresentar concertos de alta qualidade artística, sejam eruditos ou populares, com fácil acesso ao publico em geral, além de participar de convenções, feiras, espetáculos culturais e festivais.

 O Percuss!onismo realiza seus espetáculos em locais destinados ao grande público, tais como teatros, auditórios, casas de shows, centros de eventos, universidades, escolas, praças, igrejas, parques, entre outros.

A cada apresentação, o público é convidado a ouvir novos sons, numa proposta sólida e original.

A ideia do Percuss!onismo é realizar apresentações formais, informais e didáticas, ou seja, concertos onde músicos e regente estarão interagindo com o público, levando não apenas bons espetáculos, mas também conhecimento e cultura musical. Com isso, o público terá a possibilidade de ouvir música instrumental não somente por prazer, mas também com conhecimento.

A Mostra segue até dia 28 e a programação Artística é bastante variada
Cabaré Cultural Espetáculo envolve todos os artistas do Galpão

Veja a programação completa da Mostra:

Dia 21 de novembro - sábado - às 20h
Espetáculo: Mágico Tomas
LOCAL: Galpão da Lua - Rua João Caseiro, 65 - Vila Brasil

Dia 22 de novembro - domingo - às 20h
Concerto: Percuss!onismo - Orquestra de Tambores
LOCAL: Galpão da Lua - Rua João Caseiro, 65 - Vila Brasil
Teatro, Circo, Música, Poesia - Cabaré Cultural

Dia 25 de NOVEMBRO, quarta, às 20h
Espetáculo: Hoje tem Espetáculo (Grupo Rosa dos Ventos)
LOCAL: Bairro Morada do Sol - Bairro Morada do Sol, rua Willian Edy Tedros, 171, em frente a Casa da Sopa

Dia 26 de NOVEMBRO, quinta, às 20h
Espetáculo: QuéVê VêmVê
LOCAL: Bairro Morada do Sol - Bairro Morada do Sol, rua Willian Edy Tedros, 171, em frente a Casa da Sopa
Cabaré é uma das atividades mais tradicionais do Coletivo

Dia 27 de NOVEMBRO, sexta, 20h
Espetáculo: Cabaré Cultural
LOCAL: Bairro Morada do Sol - Bairro Morada do Sol, rua Willian Edy Tedros, 171, em frente a Casa da Sopa

Dia 28 de NOVEMBRO, sábado, 20h
Espetáculo: Cabaré Cultural
LOCAL: Galpão da Lua - Rua João Caseiro, 65 - Vila Brasil

sexta-feira, 13 de novembro de 2015


Neste sábado, 14, o Galpão da Lua recebe o Sarau "2ª ReVolta dos Poetas Urbanos" organizado pelo Coletivo Mãos Negras



A segunda edição do sarau ReVolta dos Poetas Urbanos encerra o III Seminário de Consciência Negra O Grito Negro que Ecoa No Silêncio, promovido pelo Coletivo Mãos Negras, que acontece nos dias 12,13 e 14 de Novembro.

O evento contará com palco livre para apresentação de poemas e quaisquer outras manifestações artísticas, Baile Black, discotecagem com o DJ GPD, e o bom Rap Nacional representado pelo Grupo Yolorap.


Pra quem quiser curtir, somar, e expor sua a arte o evento começará às 20h.


Confira, abaixo, a programação completa do III Seminário de Consciência Negra:




Mais informações: Coletivo Mãos Negras - Facebook

analutudojunto@gmail.com


O que? Sarau 2ª ReVolta dos Poetas Urbanos

Quando? Sábado, 14 de novembro, 20h

Onde? Galpão da Lua

terça-feira, 3 de novembro de 2015

Capoeira Angola no Galpão da Lua!


                O Galpão da Lua receberá mais uma atividade permanente e gratuita: tod@s estão convidad@s a participar, principalmente as crianças, das aulas de Capoeira Angola com a professora Lisie Alves que é integrante do grupo Angoleiros do Sertão.

                A atividade vai ocorrer todas as quarta-feiras das 17h às 19h !!!




A capoeira é uma cultura afro-brasileira, ela nasce como movimento de resistência e afirmação cultural de um povo de descendência africana, na época colonial criada e praticada pelos negros escravizados. Foram criadas leis e decretos por volta de 1834 proibindo a capoeira, considerada como crime.
Porém, em 1930 a capoeira deixa de ser crime, e em 1937 Bimba grande Mestre da Capoeira Regional, que introduziu artes marciais na movimentação da capoeira, consegue uma aliança oficial autorizando ensinar capoeira no Centro de Cultura Física e Capoeira Regional, em Engenho Velho de Brotas, levando-a então para espaços físicos e academias.
Já a Capoeira Angola com seu grande Mestre, Vicente Pastinha, se diferencia da regional com diferentes características em roda, como já disse ele ‘capoeira é mandinga do escravo é africano-brasileira’, afirmando que a capoeira era uma herança africana, já que começará com os escravos, e entre os escravos havia africanos e mestiços, que eram descendentes de escravos, consequentemente, a capoeira seria nacional, brasileira, porém, de descendência e raiz africana.
Será trabalhada a Capoeira de Angola com o grupo ‘Angoleiros do Sertão’, que além de movimentos corporais, também estarão presentes no treino a ancestralidade, coordenação motora, instrumentação, oralidade e canto.

Mais informações com a Lisie.

pretalisie@gmail.com

https://www.facebook.com/LisieAbusada?fref=ts








terça-feira, 27 de outubro de 2015

Galpão da Lua leva espetáculo de mamulengo para o bairro Augusto de Paula em Presidente Prudente

Com o projeto aprovado no edital Território das Artes ProAC o coletivo Galpão Cultural Lua Barbosa leva o espetáculo O Sumiço do Boi Pintadinho do grupo Mamulengo Rasga Estrada gratuitamente para o bairro Augusto de Paula em Presidente Prudente.

O espetáculo acontecerá no próximo sábado dia 31 de outubro,ás 20h, na rua: Antônia Rossi Fuzzo, próximo ao CRAS. Está será  a primeira atividade do projeto que acontecerá no bairro.

Além do bairro Augusto de Paula as atividades artísticas do projeto estão sendo realizadas no bairro Morada do Sol e  no Galpão da Lua, sede da FPTAI, que está localizado  na Vila Brasil, zona leste da cidade.

 Os Territórios das Artes são, conforme o Edital (26/2014) do ProAC (Programa de Ação Cultural), espaços com iniciativas de gestão autônoma da sociedade civil, para a prática experimental das diferentes linguagens artísticas, notadamente quanto ao papel de produção, formação e difusão pública. Um Território das Artes pode desenvolver ações internamente ou pode servir de base estruturante para ações desenvolvidas externamente.

A programação artística do projeto tem uma grade variada de oficinas e espetáculos de circo, teatro, música, além de eventos de cultura popular, que se somará a outras atividades realizadas pelo coletivo até o final do ano.


 
Release
O sumiço do boi Pintadinho Simão e outros personagens clássicos do Mamulengo vão viver uma história cheia de confusões em torno do sumiço do boi Pintadinho.

Numa linguagem popular, a história é narrada de maneira leve e solta com trocadilhos, escatologias e pitadas de críticas sociais.

Coroné João Redondo, Preto Velho, a Cobra e até o Cão dos Inferno vão aparecer e Simão fará de tudo para recuperar o boi sumido. 
O público participa dessa história cheia de surpresas hilárias e ajuda Simão a se safar da imensa confusão que se meteu.

                      Ficha Técnica:

Espetáculo: O Sumiço do boi Pintadinho
Autor: Mamulengo Rasga Estrada
Música: Robson Toma
Bonequeiros: Camila Peral e Felipe Barros
Duração: 50 Minutos
Classificação etária: Livre
Cenário: Ângela Farias e Juliana Scorza
Figurino: Ângela Farias, Rosana Fonseca e dona Antonia
Orientador e Mestre: Danilo Cavalcante
Arte Gráfica: Deva Bhakta
Contatos: mamulengorasgaestrada@gmail.com
Telefone: 18 99747 8811/4101 0766/99139 5225

Mais informações e programação completa do Galpão da Lua podem ser conferidas no blog http://federacaoprudentinadeteatro.blogspot.com.br/

O que? Espetáculo “O sumiço do Boi Pintadinho” 

Grupo Mamulengo Rasga Estrada 

Quando? 31 de OUTUBRO, sábado, às 20h 

Onde? Rua Antônia Rossi Fuzzo, próximo ao CRAS - Bairro Augusto de Paula





quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Galpão da Lua recebe bandas e DJ’s da região para a 3° edição do Som da Casa



       No próximo sábado dia 12 de setembro á partir das 16h no Galpão da Lua - FPTAI irá ocorrer mais uma edição do projeto Som da Casa que neste ano faz parte da programação do projeto Território das Artes/Proac, realizado pela FPTAI/Galpão da Lua e tem o apoio da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo.

          Nesta edição fazem parte da programação as bandas Vamo Vovó de Assis-SP, Unga Munga Blues de Álvares Machado-SP e os DJ’s Leonardo Cruz e Guizmu de P. Prudente-SP e o DJ Jhonny Wazagoo de Araçatuba-SP. 

A FPTAI realizou a primeira edição do projeto Som da Casa em abril de 2014, com o objetivo inicial de levantar fundos através de contribuições voluntárias para a manutenção do espaço da FPTAI e favorecer a realização de apresentações musicais. Com as bandas Mocambo Groove, Girassóis Hidráulicos e Hard Roça.

Em dezembro de 2014, o “Som da Casa” ocorreu junto com o Cabaré Cultural, fizeram parte da programação a banda Vime 3X4, Guizmu DJ e do Duo Rabeola com Bruno Sanches (viola caipira) e Bruno Menegatti (rabeca) e o convidado Nicolás Salaberry (violão) e os grupos associados a FPTAI, Brincantes do Pisa Chão, Teatro Vermelho, QuéVê VemVê, Mamulengo Rasga Estrada, Rosa dos Ventos, Os Mamatchas, Banda Mocambo Groove e do Bloco Maracanóis.


Um pouco mais  das bandas e dos dj’s que irão tocar no Som da Casa !


DJ Leonardo Cruz

Leonardo Cruz, jovem prudentino, tem sua residência no Club Cine Bardot em Presidente Prudente e no Marilyn Bar onde trabalha também como promoter fazendo a programação alternativa da casa. DJ na empresa Enter Produtora, estudante de música na universidade Unoeste, tem a música como prioridade em sua vida. Seu 1° contato com balada eletrônica foi aos 13 anos de idade, a partir daí a paixão virou vício! Dentro de seus sets, tenta explorar todo universo da música sem se prender a conceitos, viajando do Deep House ao Techno dando valor aos grooves e frequências baixas.
 Instagran: leonardocruzdj
Email: djleonardocruz@live.com
Facebook: facebook.com/djleonardocruz
Fone/whats: (18) 3909-1448 / (18) 99759-7781
SoundCloud: Soundcloud.com/djleonardocruz


Guizmu DJ

Guizmu DJ a.k.a. Gui Carvalho é DJ e colecionador de discos de vinil. Idealizador do CLUBE DO VINIL, projeto que promove feiras de trocas, eventos culturais e discotecagens, voltados para o universo do vinil e o resgate da “Música Preta Brasileira” e mundial principalmente nas sonoridades do Samba-Rock, Soul, Funk 70´s e Afro-beat. Já discotecou nos mais importantes festivais culturais na região dos inconfidentes-MG, como o Festival Grito Rock, Festival de Inverno de Ouro Preto, Mostra Internacional de Música de Olinda, Festival de Cinema de Ouro Preto e Festival Itajubense de Arte e Cultura. Seus sets são intuitivos, sinceros e incrivelmente dançantes, marcados pelo magnetismo das canções escolhidas, destilando muito Groove na mescla de pérolas da soul music brasileira e samba-rock com Funky 70´s, Disco e Afrobeat.

Facebook: facebook.com/guizmudj?fref=ts
E-mail: guizmudj@gmail.com
Guizmu: 99699-2267


João DJ Jhonny Wazagoo

Pesquisador e apreciador da boa música fundou o blog Oficina de Macacos em 2008 com a intenção de disseminar sua paixão e sugerir novas experiências sonoras para além de suas fronteiras. O blog, acessado mundialmente, apresenta resenhas, mixtapes, webradio e dowloads de discos raros que quase sempre apontam para alguma rica vertente da música negra. Reggae, Dub, Afrobeat, Funk, Samba e Hip Hop são os mais queridos gêneros abordados.


A discotagem

Ao entender o poder de inspiração e transformação a partir da música, viu-se a necessidade de atingir as pessoas além do meio virtual. Mirou no ambiente vivo da discotagem, onde a música e a dança revezam protagonismo. Em suas performances, a música de raiz dialoga incansavelmente com a música moderna onde o orgânico flerta com o digital. Captou também a força de uma verdadeira pista de dança. E, daí em diante, não deixou mais que esqueletos parem na pista.

mixcloud.com/johnnwazagoo
oficinademacacos.blogspot.com
João DJ Jhonny Wazagoo 981233618




Vamo Vovó


A Vamo Vovó surgiu em Assis-SP em meados de 2011 misturando tudo o que dá nas suas receitas musicais. Massa de rock'n roll com recheio de ska, cobertura de funk com pitadas de marchinha, carnaval e MPB. Essa véia doidona tem agitado toda a moçadinha na capital e no interior de SP (Assis, Marília, Bauru, Ourinhos, Botucatu, Ilha Solteira, Franca) com seu ritmo eletrizante e com o tom de brincadeira sem fim nos shows. Vamo Vovó é alegria estriquinada!!!
O primeiro álbum, "Vamo Vovó", está em processo de gravação, tendo sido concluídas algumas canções, já disponíveis no perfil do soundcloud da banda (https://soundcloud.com/vamovovobigband).
Eta velha bem danada, dança funk sem parar. Essa vó não pede benção, essa vó não reza o terço, ela só pensa em endoidar.
Vamo Vovó!!!
Elenco: André Diniz (Trompete); Artur Bez (Contrabaixo); Conrado Martins (Saxofone); Felipe Ciasca (Bateria); Guito (Vocais); Leo Lambertini (Guitarra); Maria Rita (Vocais); Thiago Vecchi (Guitarra); Yedo Cruz (Percussão e vocais);
Vamo Vovó: 011 97416-5009
Facebook: facebook.com/VamoVovoBigBand



Unga Munga Blues

Unga Munga Blues, banda de Álvares Machado que traz versões únicas de grandes clássicos do blues e também traz músicas de outros estilos para o blues, com o front da banda Paulo Roberto Kanashiro (guitarra/vocal), com a irreverência de André Gatti (baixo/vocal) e a forte marcação de Marcelo Vilarins (bateria/backing vocal). Man
tendo a formação original, a Unga Munga Blues vem a mais de uma ano na estrada e busca novos horizontes com composições próprias e também resgatando representantes nacionais do estilo. Se auto intitula um “blues arroz com feijão” não deixando pra trás o berço do estilo, fazendo um som com originalidade e sentimento. O blues também é resistência.

Unga Munga Manga Marcelo. 18 98170 12 73
Facebook: facebook.com/pages/Unga-Munga-Blues









Serviço:
Quando? Dia 12 de setembro.
Que horas? A partir das 16h
Onde? Galpão da Lua – R:João Caseiro,65 Vila Brasil.
Contatos: Bruno Palácio (18)9.96891100
                   Alana Vitorino (18)9.81435306

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Angoleiros do Sertão realizam Encontro de Capoeira em Presidente Prudente

O Grupo de Capoeira Angoleiros do Sertão realizará o tradicional Samba de Roda no Galpão da Lua no próximo sábado dia 22 de agosto.

A atividade faz parte do Encontro de Capoeira Angoleiros do Sertão que acontece nos dias 21,22 e 23 de Agosto em diversos locais da cidade de presidente Prudente.

O encontro tem terá a participação de diversos capoeiristas de 3 estados do Brasil, São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia. Entre os participantes estão renomados capoeiristas como Metre Cláudio de Feira de Santana na Bahia o Fundador do Angoleiros do Sertão.

Além de Mestre Cláudio estão confirmadas a presença do Contra Mestre Xandão - Paraguaçu Paulista/SP, Contra Mestre Xandinho - Rancharia/SP, Contra Mestre Tico - Bauru/SP, Contra Mestre Grafitt - Rio de Janeiro/RJ, Treinel Oriquere - Treinel Blanca - Assis/SP e Treinel Natureza - São José dos Campos/SP.

Este tipo de evento é um projeto de valorização da Capoeira Angola desenvolvido pela Escola de Capoeira “Os Angoleiros do Sertão” que visa reunir praticantes de Capoeira Angola e simpatizantes para participar de oficinas, palestras e outras atividades visando o seu aperfeiçoamento, individual como coletivo.
A programação em Prudente inclui Rodas de capoeira em locais públicos como a Praça 9 de julho com todos os participantes, oficinas e o Samba de Roda que é uma festa tradicional do grupo.

O Samba de Roda já está se tornando tradicional no Galpão da Lua, já à pelo menos 6 meses os Angoleiros vem realizando essa festa no primeiro sábado de cada mês. É claro que esse tem um gostinho especial por conta da quantidade de capoeiristas que estarão presentes.

A entrada para o Samba de Roda é gratuita!


PROGRAMAÇÃO DO ENCONTRO:

Dia 21 Sexta

Às 19h30 Roda de abertura
Local: CEU - Centro de Artes e Esportes Unificados de Presidente Prudente 'Prof. Samoel Brondi'

Dia 22 Sábado 

Às 8h00 Oficina com o Mestre Claudio
Local: Centro Cultural Matarazzo

Às 10h00 Roda de capoeira
Local: Calçadão Praça 9 de Julho

Ás 14h00 Oficina de Capoeira Angola
Local: Projeto Aquarela – Cidade da Criança

Das 16h00 ás 18h00 Roda de Capoeira
Local: Cidade da Criança

Às 20h00 Samba de Roda
Local: Galpão da Lua

Dia 22 domingo

Às 10h00 Roda de Encerramento

Mais informações sobre o evento no Facebook:
https://www.facebook.com/events/898897646839639/
Fone: 018 997 45 06 22 com Molejo

Sobre os Angoleiros do Sertão

A Escola de Capoeira “Os Angoleiros do Sertão” foi criada na década de 1980 pelo Mestre Claudio Costa, em Feira de Santana/Bahia. Durante seus quase 30 anos de existência, a Escola desenvolveu inúmeros trabalhos com a Capoeira Angola, seja nas esferas da educação formal ou não formal, seja com o apoio de instituições públicas ou privadas, mas sempre com o objetivo de contribuir no processo de formação de seus participantes.

Para isso, os Angoleiros do Sertão valorizam o resgate, a preservação e a divulgação dos elementos tradicionais que caracterizam a Capoeira Angola, pois são através destes elementos que ela agrupa seus praticantes num projeto de conscientização social, política, cultural e corporal. Assim, ao invés de enfatizar o enfrentamento físico-corporal explícito, a Escola de Capoeira “Os Angoleiros do Sertão” esta preocupada em educar para a consciência de direitos e deveres que cada um de seus integrantes tem diante do mundo em que vive.

No estado de São Paulo “Os Angoleiros do Sertão” chegaram na década de 1990, estabelecendo inicialmente núcleos nas cidades de Bauru, Paraguaçu Paulista e Rancharia, sob responsabilidade dos Contra Mestres Tico, Xandão e Xande. Posteriormente novos angoleiros foram formados o que propiciou a difusão da prática pra várias cidades do entorno. Em Presidente Prudente a responsabilidade dos trabalhos ficam com o Treinel Molejo

Mais informações sobre os Angoleiros do Sertão: 
https://rodandonapraca.wordpress.com/angoleiros-do-sertao/




quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Rosa dos Ventos no Galpão da Lua

Amanhã dia 14 de agosto tem Rosa dos Ventos no Galpão da Lua com o espetáculo Saltimbembe Mambembancos!                                                                                                               Será a primeira vez que este espetáculo será encenado no Galpão da Lua. Saltimbembe é um espetáculo significativo na historia do Rosa dos Ventos. Desde a sua estreia no ano de 2005 foram mais de 500 apresentações em centenas de cidades do Brasil. Uma festa popular de circo e teatro levada a ruas e praças por palhaços verborrágicos e improvisadores. A influência vem dos circos pequenos e artistas de rua (puladores de arco da faca, telepatas, repentistas, etc.) que viajam de cidade em cidade vivendo em cada lugar uma nova relação. O resultado é uma apresentação de variedades com números técnicos, esquetes, gag’s, músicas e brincadeiras criadas a partir do universo circense e da cultura popular.

Essa apresentação faz parte do Projeto Circulação Saltimbembe Mambembancos aprovado junto ao Programa de Ação Cultural da Secretaria de Estado da Cultura, com patrocínio da Cocal Energia Responsável. Com ele o Rosa dos Ventos levará seu trabalho para 16 municípios paulistas, a maior parte deles da região oeste do estado. Serão 20 apresentações gratuitas e ainda 2 oficinas de técnicas circenses e a produção e distribuição gratuita de uma revista infantil em quadrinhos dedica às artes de rua.

O espetáculo vai passar por lugares onde nunca foi apresentado e voltará a outros onde já passou e o público sempre foi muito receptivo. Saltimbembe vai percorrer os municípios de Anhumas, Cândido Mota, Iepê, João Ramalho, Narandiba, Nantes, Osasco, Paraguaçu Paulista, Pirapozinho, Presidente Prudente, Quatá, Rancharia, São Paulo, Suzano, Taciba e Tarabai. Todas as apresentações serão em espaços abertos, ou seja, ruas e praças, o que garante uma proximidade grande com o público e, sobretudo, a presença de pessoas que muitas vezes nunca viram um espetáculo teatral.


SOBRE O ROSA DOS VENTOS                                                                                                    O Rosa dos Ventos é um grupo de artistas populares de rua! Seus integrantes são pesquisadores da história da cultura popular, da comicidade e da diversidade cultural existente em nosso país. Fundado em 1999 por alunos da Unesp, o Rosa dos Ventos nasce de um projeto de extensão universitária. Os trabalhos do grupo buscam a fusão do teatro, da música, das técnicas circenses, do palhaço, dos tipos cômicos em uma arte popular vibrante, subversiva, questionadora e ousada.


O ESPETÁCULO

Artistas saltimbancos formam uma roda para exibir suas habilidades, músicas e divertir as pessoas. Um encontro para o publico rir de si e das personagens, é arte de rua! Técnicas de malabarismo, acrobacias de solo e perna de pau são mostradas sem formalidades e acompanhadas por música ao vivo. Esquetes, gangs e brincadeiras recheadas de sonoplastia acontecem com a intervenção e participação direta do público. Um espetáculo brincante com a interpretação livre de palhaços improvisadores e verborrágicos, que resgata um tempo passado em que as artes cênicas eram apresentadas na rua.

Ficha Técnica
Elenco: Fernando Ávila (Dez pras Sete), Gabriel Mungo (Beterraba), Luis Valente (Seu Lavanco), Robson Toma (Nicochina) e Tiago Munhoz (Custipíl de Pinoti). Texto e Direção: Grupo Rosa dos Ventos. Música original e sonoplastia: Robson Toma. Cenário: Deva Bhakta e Grupo Rosa dos Ventos. Estréia: Maio de 2005. Classificação: Livre. Duração: 60 minutos.

As notícias, relatos, fotos, vídeos e demais informações do projeto poderão ser acompanhados no Blog: circulacaosaltimbembe.blogspot.com.br


PROGRAMAÇÃO COMPLETA

AGOSTO

Presidente Prudente
Dia 14 de agosto – Às 20h
Local: Galpão da Lua
Rua João Caseiro, 65 - Vila Brasil                                                                                               Quatá
Dia 20 de agosto – Às 20h30
Local: Pátio da Fepasa (Estação)

Iepê
21 de agosto - Às 20h
Loca: Praça D. Silvina de Almeida Prado

Tarabai
Dia 28 de agosto - Às 20h30
Local: Praça da Matriz


SETEMBRO

Narandiba
Dia 04 de setembro - às 16h
Local: Praça da Matriz
Dia 05 de setembro - às 20h30
Local: Praça da Matriz

Pirapozinho
Dia 09 de setembro - Às 20h
Local: Praça Manuel Marque da Silva
Dia 10 de setembro - Às 20h
Local: Centro Comunitário de Itororó do Paranapanema

João Ramalho
Dia 11 de setembro - Às 19h30
Local: Feira da Lua - Praça Antônio Jacomini Boim

Rancharia
Dia 12 de setembro - Às 20h
Local: Praça da Matriz

Anhumas
Dia 13 de setembro - Às 19h30
Local: Pça João Kivillus

São Paulo
Dia 24 de setembro - Às 20h
Local: Arsenal da Esperança
R. Dr. Almeida Lima, 900 - Brás

Suzano
Dia 25 de setembro - Às 20h
Local: Espaço dos Contadores de Mentira
Rua Major Pinheiro Froes, 530 - Pq Maria Helena

Osasco
Dia 26 de setembro - Às 16h
Local: Calçadão da Antônio Agú Em frente ao Shopping


OUTUBRO


Paraguaçu
Dia 02 de outubro - às 20h
Loca: Conj. Habitacional Dona Lina Leuzzi

Dia 03 de outubro - ás 17h
Loca: Vila Gammom (ponto de cultura)

Dia 04 de outubro - Às 20h
Loca: Praça da Matriz

Taciba
Dia 06 de outubro - Às 20h
Local: Praça do Altaneiro
Nantes
Dia 16 de outubro - Às 20h
Local: Praça Nossa Senhora Aparecida

Cândido Mota
Dia 19 de outubro - Às 20h
Local: Praça Monsenhor David

Oficinas de Circo

Narandiba
Dia 05 de setembro - Às 14h30
Local: Quadra da escola Takako Suzuki

Paraguaçu Paulista
Dia 03 de outubro - Às 9h
Local: Vila Gammom (ponto de cultura)

Mais informações:
18 99742 59 94
18 98105 79 73

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Galpão da Lua e Território das Artes levam espetáculos para o Bairro Morada Do Sol !


A Obra Inacabada de Frida Kahlo e a banda Mocanbo Groove são as atrações neste sábado. A partir das 19h no Morada do Sol. 

Através do projeto Território das Artes a Federação Prudentina de Teatro e Artes Integradas – Galpão da Lua irá realizar duas apresentações artísticas no bairro Morada do Sol neste sábado dia 7 á partir das 19h na Praça do WI-FI.

O projeto que teve início em julho deste ano tem como intuito a manutenção de espaços para apoio cultural e oferecer gratuitamente para o publico uma programação com atividades formativas e espetáculos de circo, música, teatro e cultura popular.

Os bairros que estão sendo contemplados pelo projeto são: Morada do Sol, Augusto de Paula e Vila Lider/Brasil, onde é a sede do Galpão da Lua.




A Obra inacabada de Frida Kahlo – Teatro Vermelho

A Obra Inacabada de Frida Kahlo da Cia de Teatro Vermelho será apresentada nesse sábado, dia 8 de agosto, às 19hs no Bairro Morada do Sol. A apresentação faz parte do Território das Artes que tem como objetivo divulgar as atividades e peças desenvolvidas pelos federados no Galpão da Lua. Todas as atividades são gratuitas, incluindo cursos, oficinas, workshops e peças dos atores federados e de outras regiões do Brasil.

A peça que conta a história da pintora mexicana Frida Kahlo, tem como objetivo a interação com a plateia que durante o espetáculo usa pincel e tinta para pincelar a atriz que representa a artista. 

O espetáculo por ter um caráter interativo já foi encenado em vários lugares inusitados como na feira livre da Av. Manoel Goulart, no calçadão, na Rodoviária e na UNESP de Presidente Prudente através do FENTEPP, também já foi apresentada no vão livre do MASP na Av. Paulista em São Paulo.
“A obra inacabada de Frida Kahlo” é um diálogo entre a época em que Frida era viva e pintava suas obras e sua imagem imaginária de como ela seria agora, em um futuro que não é vivido por ela. Como seriam sua obras?, suas atitudes, seus amores, sua luta e suas dores?. A peça com caráter de intervenção urbana interage com os passantes, os convidando a terminar as obras. Nada mais justo que deixar o popular, tradição que ela levava em sua linguagem, obras, roupas e formas de pensar, completar e guiar a pintora Frida do futuro, que pintava sua obras como se estivesse tomando goladas de vida.

Reconhecimento

Robertt Moretto diretor da peça diz “É um espetáculo intimista onde a atriz representa a figura de Frida, insinuando qualquer tipo de leitura para a plateia. O objetivo não é decretar uma forma de interpretar a vida dela, mas sim sentir seus pesos proporcionados pelas imagens que a atriz provoca. ”

Teatro na rua

Para a atriz Mariana Ferrari é sempre uma experiência positiva trabalhar na rua “...é o lugar onde se tem mais contato com o inesperado, essa é a ideia do espetáculo, lidar com a desinformação, com a autenticidade, com a espontaneidade de cada passante pensante.

O espetáculo

O corpo como suporte da pintura em vez da tela. O espetáculo vai ao espaço público compartilhar o pensamento e a obra da mexicana Frida Kahlo (1907-1954). Convida os passantes a pincelar cores viscerais na pele da atriz figurada como a pintora que viveu apenas 47 anos e cultivava a identidade do país, como santos populares e mercados de rua. O roteiro conta sua biografia por meio de signos. Aspectos trágicos contrastam sua força inventiva. Aos 18 anos, um ônibus em que viajava chocou-se com um trem. Sofreu múltiplas fraturas com sequelas perpétuas. Perseverou o talento genuíno para se expressar quando a mãe pendurou um espelho em cima de sua cama. Adorava autorretratos: “Sou o assunto que conheço melhor”. Constituído em 2013, o coletivo é inclinado à pesquisa corporal do ator e, aqui, procura introduzir o não popular no espaço público.

A Companhia de Teatro Vermelho.

Fundada no ano de 2013, a Cia de Teatro Vermelho baseia seus trabalhos no exercício criativo do ator que gera e manipula a cena, colocando em questão as relações humanas e o homem contemporâneo. Deste modo, os atores estabelecem um jogo com a plateia que ora se torna espectadora, ora se torna cúmplice. 
A companhia também mantém oficinas gratuitas de Teatro em Presidente Bernardes e Regente Feijó. Mais sobre a companhia pode ser encontrada em https://www.facebook.com/ciateatrovermelho

Um pouco sobre o show.

Show “Maracutaia Sound System” - Mocambo Groove
A banda Mocambo Groove em seu Show “Maracutaia Sound System” interpreta músicas dos álbuns Da Lama ao Caos (1994) e Afrociberdelia (1996),de Chico Science & Nação Zumbi. Com influências de músicas brasileiras como maracatus, ciranda, baião, coco, samba, samba-reggae, ijexá e a sua mistura com rock, funky, reggae, dub e hip-hop, Da Lama ao Caos e Afrociberdelia são umas das referências musicais da banda, sob essa influência a Mocambo Groove busca manter viva a sonoridade que marcou a efervescência do Movimento Manguebeat. Duração: 80 min. Elenco: Bruno Palácio: bateria e vocal; Gabriel Ávila: sintetizador e samplers; Lucas Pereira: baixo e vocal; Jonatham Gomes: percussão e vocal; Rafael Batalini: guitarra e vocal.


A Banda Mocambo Groove

Mocambo Groove Formada em 2009, busca em suas composições experimentar diferentes estilos musicais, fazem parte do repertório da banda músicas brasileiras como samba, baião, ijexá, frevo,
maracatu e músicas latinas, blues, rock, funky, reggae, jazz e salsa, possibilitando ao público vivenciar diferentes texturas sonoras. Em 2011, junto com a Federação Prudentina de Teatro e Artes Integradas/Galpão Cultural Lua Barbosa, a banda fez a gravação de seu primeiro demo “Aterritorial”, com cinco músicas autorais. Em 2013 a banda participou da segunda fase do XX Brasil Instrumental em Presidente Prudente - SP. No final de 2013, a banda passou a pesquisar o disco Da Lama ao Caos (1994) de Chico Science & Nação Zumbi, que completaria vinte anos em 2014, umas das influências da Mocambo Groove, desta experiência a banda produziu o show “Maracutaia Sound System",
fazendo um resgate da musicalidade que marcou a efervescência do Movimento Manguebeat. No mesmo ano, com apoio da FPTAI/Galpão Cultural Lua Barbosa, a Mocambo Groove desenvolveu o projeto Som nas Praças, realizando seis apresentações do show “Maracutaia Sound System”, em praças e teatros de arenas da cidade de Presidente Prudente - SP. 

Mais sobre a Banda em mocambogroove.blogspot.com.br 


Serviços: 

O que? Espetáculo “A Obra Inacabada de Frida Kahlo”, Cia. de Teatro Vermelho. 
Onde? Bairro Morada do Sol na praça do Wi-fi 
Quando? Sábado (08/08), às 19h 
Quanto? Grátis 

O que? Show “Maracutaia Sound System” banda Mocambo Groove. 
Onde? Bairro Morada do Sol na praça do Wi-fi 
Quando? Sábado (08/08), às 20h 
Quanto? Grátis 

Contatos: 
Companhia de Teatro vermelho 
Robertt Moretto 
Ator/Produtor Teatro Vermelho 
(18) 99600-9786 
robertt@teatrovermelho.com.br 

Mocambo Groove 
blog:mocambogroove.blogspot.com.br 
e-mail:mocambogroove@gmail.com 
https://www.facebook.com/mocambo.groove
(18) 99689-1100 - 98197-1383 

terça-feira, 28 de julho de 2015

Oficina de máscaras !!!



No próximo sábado dia 1 de agosto á partir das 14h, irá ocorrer uma oficina de máscaras no Galpão da Lua, com o grupo Brincantes do Pisa Chão.

A oficina tem como intuito a confecção de máscaras relacionada à cultura popular, tais como: personagens folclóricos e personagens caricatos.

Não se trata apenas da confecção, mas também da relação estabelecida entre o ator brincante e sua máscara que é a conexão entre o lúdico e o real, a fim de expressar suas aventuras e desventuras.



Quando? Dia 1 de agosto próximo sábado.

Que horas? das 14h às 18h.

Quem pode participar? Pessoas acima de 15 anos.

Como faço a inscrição? Pelo emeio alana.vitorino@hotmail.com

Qual quantidade de participantes? 20.

O que precisar levar para a oficina? Estilete e tesoura são indispensáveis. Materiais que possam ser utilizados na confecção das máscaras como:papelão;barbante, tinta, pincel, tecido e etc.


Um pouco mais do grupo.

O grupo Brincantes do Pisa Chão criado no ano de 2007 é composto por três integrantes Alana Vitorino, Pamella Carrara e Ribas Dantas. Foi criado a partir das experiências de oficinas de artes vivenciadas em encontros de formação para jovens ligados à Pastoral da Juventude. Das quais os membros colaboraram como participantes e monitores.

Com anseio de mesclar dança, poesia popular, teatro, a figura do palhaço somado a brincadeiras de roda e manifestações folclóricas. Surgi os Brincantes do Pisa Chão e seus personagens: Eureka (Alana) a bailarina desajeitada; Katrina (Pamella) a atriz desinteressada e Kachuho (Ribas) o profeta frustrado. Ao mesclar curiosidade e experiências, em um caldeirão de criatividade surgiu a apresentação ou brincadeira denominada “Somos nós Brincantes do Pisa Chão”.